Comissão de Políticas Públicas aprecia 28 projetos em reunião realizada nesta segunda-feira (10)

Receberam parecer favorável dos membros da Comissão 19 projetos de lei, que agora seguem para votação em Plenário

Por Damião Rodrigues

Fotos Olenildo Nascimento

10/06/2019

A Comissão de Políticas Públicas (CPP) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) apreciou 28 projetos de lei – 26 de autoria dos vereadores e dois de iniciativa do Executivo Municipal –, em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (10). Três matérias receberam pedidos de vista, 19 tiveram parecer favorável e seis foram rejeitadas.

Entre os projetos que receberam parecer favorável da Comissão, destacam-se os seguintes: o que dispõe sobre a prioridade de atendimento em consultas dermatológicas e oftalmológicas para pessoas com acromatose (albinismo); outro que também determina prioridade de atendimento para pessoas em tratamento de quimioterapia, radioterapia, hemodiálise ou que utilizem bolsa de colostomia, na fila de bancos, casas lotéricas, supermercados, hipermercados e/ou congêneres; mais um que torna obrigatória a veiculação de propagandas contra a violência à mulher e ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, com menção do Disque Denúncia 180 e 100, nos telões e equipamentos similares dos shows que forem realizados em área aberta, com público superior a 5 mil pessoas.

Receberam pedidos de vista para melhor apreciação os seguintes projetos: o que estabelece a obrigatoriedade de inspeção predial, manutenção preventiva e periódica das edificações e equipamentos públicos e privados no âmbito do Município de João Pessoa; outro que modifica a nomenclatura de consultor jurídico para procurador jurídico no Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores da CMJP; e mais um que dispõe sobre mecanismos para reduzir a informalidade e promover o controle de qualidade e higiene na venda de alimentos de rua nos "food trucks" da cidade.

Dos projetos de iniciativa do Executivo Municipal que receberam parecer favorável, um denomina a Casa Mamãe Bebê de Doutora Maria do Socorro Alves Ramalho; o outro nomeia de Doutor José Aymard Moraes de Medeiros a Central de Abastecimento Imunológico que está sendo construída no bairro Água Fria.

Notícias Relacionadas

CCJ aprova criação de funções de diretor pedagógico e administrativo na gestão escolar municipal
Proposta sugere que cada unidade seja administrada por dupla de profissionais efetivos, com dedicação exclusiva
Câmara da Capital aprova gratificação por atividade bilíngue a servidores da Educação
Ao todo, os vereadores pessoenses aprovaram sete matérias e mantiveram dois vetos, na sessão ordinária desta quarta-feira (11)
Câmara aprova mais 18 projetos em votação realizada nesta quinta-feira (6)
Ao todo, os vereadores apreciaram 21 matérias. Três projetos de lei receberam pedidos de vista
Vereador questiona abertura de crédito especial para o Executivo
Leo Bezerra (PSB) lamentou que remanejamento de R$ 928 mil direcionados ao Gabinete do Prefeito retiraria R$ 18 mil de recursos de programa ligado ao BID
Vereador defende isenção de cobrança de estacionamento em shoppings
Proposta de Marcos Henriques (PT) foi destaque em votação realizada nesta quarta-feira (29)
LDO 2020 será debatida com representantes do Governo e população na próxima quinta-feira (30)
Entre os dias 27 e 31 de maio, o Legislativo Municipal também vai debater as funções dos fonoaudiólogos nos hospitais e as doenças causadas pela alergia à proteína do leite de vaca (APLV), além de homenagear o padre Carlos Maurício