Lucro e aprovação em vestibulares desvirtuam propósitos das escolas, afirma vereador

Lucas de Brito (PV) defendeu que as instituições de ensinam precisam focar na formação das crianças e adolescentes

Por Clarisse Oliveira

Fotos Olenildo Nascimento

14/03/2019

O vereador Lucas de Brito (PV) acredita que a busca incessante por maiores lucros e pela aprovação em vestibulares está desvirtuando os verdadeiros propósitos das instituições escolares. O parlamentar foi o terceiro orador a se pronunciar na tribuna da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), durante sessão ordinária desta quinta-feira (14).

Segundo o vereador, a formação das crianças e adolescentes em cidadãos está sendo posta de lado. “Não podemos ter escolas preocupadas apenas em diminuir os custos ou aumentar o número de aprovados em provas de vestibular. As escolas precisam preparar os alunos para a vida. Não se ensina sobre educação financeira, por exemplo, ou educação sexual, para que as crianças entendam quando estão sofrendo abuso e informem a alguém”, exemplificou.

“Estamos nos deparando com escolas preocupadas com o aumento da margem de lucro e não em conferir mecanismos de segurança que permitam que as crianças tenham um desenvolvimento seguro dentro dos estabelecimentos de ensino”, afirmou o vereador. Lucas de Brito lamentou o caso de possíveis abusos sexuais ocorridos em escola privada da Capital e a chacina que resultou na morte de 10 pessoas no município de Suzano, em São Paulo.

Medidas de Segurança

Sessão Ordinária 14 -03-2019-Olenildo 086

Lucas de Brito informou que vai propor um Projeto de Lei que disciplina o uso dos banheiros nas escolas de forma segmentada, por faixa etária. “Não faz sentido crianças de até 12 anos, ainda em formação, frequentarem os mesmos banheiros de adolescentes e jovens de 16 e 17 anos. Acredito que a forma de garantir segurança no ambiente escolar passa por essa segmentação,” explicou.

O parlamentar também sugeriu o uso da tecnologia em favor da segurança, com a instalação de câmeras de monitoramento em locais estratégicos – como já ocorre em escolas da rede pública municipal de ensino – e a capacitação permanente de inspetores escolares. “A CMJP vai fortalecer essa campanha em favor de mais segurança nas escolas, instituições às quais confiamos nossos filhos, parentes e pessoas queridas”, declarou.

Os vereadores Marcos Henriques (PT) e Carlão (DC) concordaram com o fato de que a educação precisa ser reformulada.

Notícias Relacionadas

Prestação de contas da Saúde, revisão do Plano Diretor e saúde mental são temas de audiências públicas na CMJP
No período entre os dias 20 e 24 de maio, o Legislativo Municipal ainda vai realizar uma sessão especial em alusão à ‘Semana da Família’
Vereador critica recomendação do Ministério da Saúde para abolir o termo 'violência obstétrica'
Lucas de Brito (PV) classificou como equivocada a medida da pasta, durante pronunciamento na sessão ordinária desta quinta-feira (16)
Parlamentar conclama população a participar da 13ª Ocupação do Rio Gramame
O ato está programado para acontecer na manhã desta sexta-feira (17), na Ponte dos Arcos, divisa entre João Pessoa e o município do Conde
Religioso recebe honrarias pelos relevantes serviços prestados à Igreja
A vereadora Raíssa Lacerda (PSD) entregou o Título de Cidadão Pessoense e a Medalha João Paulo II ao padre José Paulo Pires Braga
CMJP aprova reajuste de 4,17% para servidores da Educação do Município
Na votação desta quarta-feira (15), ainda foram apreciados cinco Vetos do Executivo
Audiência Pública: CMJP promove discussão sobre acessibilidade na Capital
Representantes de entidades cobraram ações para melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida