Parque Sanhauá: líder da situação elogia governador por suspensão de embargo à obra

Milanez Neto (PTB) ressaltou ainda alguns avanços obtidos para o Centro Histórico da Capital, na atual gestão

Por Clarisse Oliveira

Fotos Olenildo Nascimento

04/06/2019

O líder da bancada de situação na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Milanez Neto (PTB), defendeu a execução das obras do Parque Ecológico Sanhauá, durante pronunciamento na sessão desta terça-feira (4). O parlamentar também elogiou o governador do Estado, João Azevedo (PSB), por suspender o embargo à obra realizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep) na última sexta-feira (31).

Milanez Neto lembrou que o projeto do Parque vem sendo discutido há 20 anos, desde que ele era gestor da Coordenadoria do Patrimônio Cultural de João Pessoa (Copac-JP). “Já foram realizadas audiências públicas e oficinas com os moradores, e alguns ainda dizem que o projeto não foi discutido”, declarou.

Para o parlamentar, não havia motivos para o embargo da obra. “Falar em tombamento histórico de construção dentro do mangue? Falar que as moradias de lá são dignas e históricas? Se são, porque quem está reclamando não mora lá? Não é só fazer discurso contra e morar na praia, vão criar seus filhos lá. A opinião pública cansou do discurso de ódio e rancor, de querer prejudicar uma obra de R$ 12 milhões em um estado pobre, em que o emprego ainda é uma exceção”, afirmou o vereador, completando que a Prefeitura já fez intervenções em outros equipamentos tombados, mas que não houve embargo.

“Gostaria de fazer um elogio ou agradecimento enquanto parlamentar, representante e cidadão que tem história com o local, onde aprendi a trabalhar desde cedo em um comércio da família. Parabenizo a grandeza do gesto corajoso e destemido de João Azevêdo em ter, ainda no sábado, analisado o embargo, que tecnicamente não se sustentava. Ele colocou o trem nos trilhos, deixou claro que não vai permitir que a baixa política passe no seu governo”, enfatizou o líder.

Centro Histórico

Milanez Neto ainda destacou os avanços obtidos no local pela atual gestão.“O centro de João Pessoa é marcado por antes e depois da gestão de Luciano Cartaxo, e isso desagrada outros gestores. Ele levou moradia, economia e movimento cultural ao Centro Histórico. Levei meu filho domingo pela manhã ao Centro, vimos comércio em pleno domingo, e o Parque Sanhauá vem somar a tudo isso”, salientou.

Para Lucas de Brito (PV), a atitude do governador foi de bom-senso. Ele ressaltou que, para que o Centro Histórico de João Pessoa avance, com a instalação de bancos e empresas no local, assim como aconteceu em Recife, os órgãos de controle devem ser parceiros, a Prefeitura não pode fazer o trabalho de revitalização sozinha.

“Já fui procurado por donos de imóveis no Centro Histórico, relatando que tiveram mil dificuldades para realizar uma pintura na casa. Temos pessoas, órgãos e instituições que se colocam no papel de preservação, mas são inimigas, porque não fazem nada para reavivar o local e nem deixam as pessoas fazerem. Luciano Cartaxo não pode continuar sozinho, precisa ter na CMJP e em vários outros órgãos aliados no resgate e valoração da nossa história e nossa cultura no Centro Histórico de João Pessoa”, declarou.

Segundo a vereadora Raíssa Lacerda (PSD), algumas pessoas estão usando a população carente da região do Porto do Capim para fazer palanque político. “Acho um desrespeito com a comunidade. Estão querendo usar o pessoal carente para fazer politicagem. A gente tem que se preocupar com as melhorias que podemos levar para a comunidade, que é isso que a Prefeitura vem fazendo com maestria”, garantiu a parlamentar.

O vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD) criticou a oposição e elogiou o prefeito Luciano Cartaxo pela iniciativa do Parque Ecológico Sanhauá. “Gostaria de parabenizar o Prefeito por mexer em uma área que ninguém teve coragem. Diálogo e coragem são duas grandes marcas de Luciano Cartaxo. Parabenizo o governador, que deu exemplo de que as ações dos agentes políticos devem estar acima dos interesses partidários. Lamento a postura de certos agentes políticos que querem o mal da sociedade, se quisessem o bem, estavam buscando melhoria e dignidade para as pessoas”, declarou.

Notícias Relacionadas

Câmara de JP vai discutir situação dos refugiados na Paraíba
Vereador Lucas de Brito (PV) recebeu comitiva da OAB-PB para tratar dos mais de 650 imigrantes que buscaram apoio no Estado
Câmara de João Pessoa anuncia Comissão Parlamentar de Recesso
Colegiado é formado por sete vereadores e garante continuidade dos trabalhos durante o recesso legislativo
‘Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença Falciforme’ é lembrado na tribuna da CMJP
Sandra Marrocos (PSB) também repercutiu nova troca de mensagens atribuídas a procuradores da Operação Lava Jato e ao ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, divulgadas pelo site The Intercept
Estudantes recebem certificados de conclusão do estágio-visita ‘Aprendiz de Vereador’
Duas turmas foram concluídas durante o primeiro semestre de 2019
Vereadores prestam solidariedade aos desabrigados do bairro São José
Prefeitura disponibilizou equipes de saúde para atender famílias alojadas em escola pública municipal
Vereador de oposição critica Gestão Municipal e líder da situação rebate
Os vereadores Leo Bezerra (PSB) e Milanez Neto (PTB) usaram a tribuna da Casa, na sessão ordinária desta quinta-feira (13), para debater sobre as ações da Prefeitura da Capital